• Portal do Roteiro Audiovisual

Você sabe quanto ganha um roteirista?

Confira as estimativas salariais de acordo com a Receita Federal e com a Associação Brasileira dos Autores Roteiristas (ABRA)

Muito especula-se sobre o salário de um roteirista. Afinal, muitos associam o cargo de roteirista à rios de dinheiro, enquanto a realidade do profissional da escrita audiovisual, não é bem por aí.


Existem instituições que zelam por este profissional trabalhando arduamente para garantir o direito dos roteiristas, como piso salarial e direitos autorais. É o caso da Abra - Associação Brasileira dos Autores Roteiristas. Se você se encaixa nessa profissão, eu recomendo a conhecê-la! Ela disponibiliza uma Tabela de Preços que serve de referência aos roteiristas brasileiros no momento de fecharem seus contratos de trabalho. Os valores sugeridos são de piso mínimo e as estimativas dos valores foram feitas com base no que a Diretoria da ABRA acredita ser o ideal, e não são fruto de pesquisas de mercado.


Por outro lado, a realidade da Receita Federal mostra que o cargo vai bem no quesito salarial, porém ainda se dispõe de vagas altamente restritas, onde se têm poucos profissionais na ativa registrados de forma CLT, por exemplo.


De acordo com uma pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web com um total de 176 salários de profissionais admitidos e desligados pelas empresas, um Autor-roteirista de Cinema ganha em média R$ 6.867,98 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 39 horas semanais.


A faixa salarial do Autor-roteirista de Cinema CBO 2615-05¹ fica entre R$ 2.613,47 salário mediana da pesquisa e o teto salarial de R$ 17.653,44, sendo que R$ 6.268,33 é a média do piso salarial 2020 de acordos, convenções coletivas e dissídios levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT de todo o Brasil.


O perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 32 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 30h semanais em empresas do segmento de Estúdios cinematográficos.


A cidade com mais ocorrências de contratações e por consequência com mais vagas de emprego para Autor-roteirista de Cinema é a capital do Rio de Janeiro.


Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Autor-roteirista de Cinema é um cargo que está com demanda restrita no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses. No período de Janeiro e Junho de 2020, houve uma queda de 68.75% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.


Setores que mais contratam Autor-roteirista de Cinema no Brasil

Essa é uma estatística muito importante para um Autor-roteirista de Cinema que busca uma recolocação no mercado de trabalho ou a primeira oportunidade de trabalho. Os segmentos das empresas estão listados são de acordo com a descrição do CNAE de cadastro de cada empresa (CNAE - Classificação Nacional de Atividades Econômicas) junto a Receita Federal.


No filtro são excluídos os aprendizes e trabalhadores em regime parcial de trabalho como horistas ou intermitentes. Lista com os segmentos de atividades econômicas das empresas com o maior número de admissões para o cargo de Autor-roteirista de Cinema. Um termômetro fiel para sabermos os setores da economia com maior demanda nas contratações de profissionais para a ocupação e os salários pagos em média em cada setor.


1. Atividade de rádio

2. Estúdios cinematográficos

3. Atividades de televisão aberta

4. Atividades de associações de defesa de direitos sociais

5. Educação superior – graduação

6. Atividades de produção cinematográfica, de vídeos e de programas de televisão

7. Artes cênicas, espetáculos e atividades complementares

Salários na carreira por nível profissional e porte da empresa

Um Autor-roteirista de Cinema Nível I ganha em média R$ 7.353,27, o Nível II recebe cerca de R$ 5.912,68, já o Nível III tem uma média salarial de R$ 15.687,72 mensais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto aos dados oficiais do CAGED de profissionais demitidos no mercado de trabalho.


Salário por porte da empresa

Esse levantamento mostra a faixa salarial em que se encontra o cargo de Autor-roteirista de Cinema de acordo com o porte da empresa. Os segmentos são: MEI - Micro Empreendedor Individual, micro empresa, pequena empresa, média empresa e grande empresa. Veja como é feita essa divisão:

· MEI: permitido no máximo 1 funcionário;

· Micro: até 19 funcionários;

· Pequena: 20 a 99 funcionários;

· Média: 100 a 499 funcionários;

· Grande: mais de 500 empregados, seja comércio, serviços ou indústria.


Salário por nível profissional

Aqui buscamos listar a remuneração do cargo de Autor-roteirista de Cinema de acordo com o nível de experiência do profissional na empresa até sua demissão. Veja como é feita a listagem:

· Autor-roteirista de Cinema Nível I: até 4 anos;

· Autor-roteirista de Cinema Nível II: de 4 a 6 anos;

· Autor-roteirista de Cinema Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;


Piso salarial Autor-roteirista de Cinema 2020

De acordo com negociações coletivas registradas, o valor médio do piso salarial 2020 para o cargo de Autor-roteirista de Cinema em todo o Brasil é de R$ 6.268,33 para uma jornada de trabalho de 39 horas por semana.


O valor do salário base, bem como o percentual de reajuste salarial 2020 é homologado por acordo, convenção coletiva ou dissídio dos Profissionais da escrita pelo sindicato.


O valor do piso salarial mostrado aqui é a média ponderada do salário normativo retirada de acordos coletivos de todo Brasil que foram registradas no MTE, calculado em conjunto com o salário em locais com maior número de contratações para chegar ao valor final.

Na grande maioria dos casos, esse cálculo se aproxima muito do salário base da categoria para o cargo CBO 2615-05.


Calculamos dessa forma para que os dados não sejam afetados por dados de contratações de profissionais em locais que não haja sindicatos regionais para negociações salariais com sindicatos patronais.


Adicional Noturno

Numa jornada de trabalho noturna, o valor do adicional noturno do Autor-roteirista de Cinema por hora seria de cerca de R$ 6,99. Assim, se o profissional cumprir todas as horas do mês como noturna, seu salário terá um valor adicional de cerca de R$ 1.373,60 mensais.


Insalubridade e Periculosidade

O valor do adicional de periculosidade para o cargo de Autor-roteirista de Cinema com base no salário médio seria de R$ 2.060,40 mensais (30%). Já o adicional por insalubridade é dividido por graus. A 1ª de 10% teria um valor de cerca de R$ 686,80, a 2ª de 20% seria de cerca de R$ 1.373,60 e a 3ª de 40% chegaria a um valor mensal de R$ 2.747,19.


Segundo o MTE a caracterização e classificação da insalubridade e da periculosidade do Autor-roteirista de Cinema, devem ser feitas através de perícia do Médico ou Engenheiro do Trabalho. (Art. 195 CLT)


Insalubridade e periculosidade não são cumulativos. O trabalhador deve optar por um ou pelo outro.


Salário para Autor-roteirista de Cinema PCD

Num levantamento com 1 salários de Profissionais da escrita PCDs - Pessoas Com Deficiência no cargo de Autor-roteirista de Cinema, a média salarial em todo o Brasil é de R$ 1.548,00 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.


O salário médio aqui mostrado não difere o tipo de deficiência do trabalhador, podendo esta ser permanente, ou até mesmo um trabalhador readaptado que retorna de afastamento do trabalho pelo INSS


O PISO SALARIAL PARA ROTEIRISTAS EM SUAS DIVERSAS ÁREAS PODEM SER CONFERIDOS NO SITE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AUTORES ROTEIRISTAS (ABRA)

Evolução salarial do Autor-roteirista de Cinema ao longo de 2020/1


O que faz um roteirista?


As palavras-chave que mais se repetem na descrição das vagas publicadas, de acordo com o Vagas.com, são:


  • DESENVOLVIMENTO DE ROTEIROS

  • ELABORAÇÃO DE ROTEIROS

  • CRIAÇÃO DE ROTEIROS

  • VÍDEOS INSTITUCIONAIS

  • FILMES

  • TEXTOS

  • ENTREGAS

  • EPISÓDIOS

  • CANAL

  • SÉRIE


¹CBO 2615-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais da escrita que pertence ao grupo dos profissionais da comunicação e da informação, segundo a Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.


Fontes: Salario.com.br e Vagas.com.br

1,708 visualizações