• Portal do Roteiro Audiovisual

Roteiristas lançam protesto requerendo direitos autorais

O documento é uma forma de reivindicar uma remuneração justa pelo trabalho do roteirista

Os autores-roteiristas lançaram, dia 29 de setembro de 2021, seu próprio manifesto. O documento foi divulgado durante o Seminário “O roteirista no audiovisual”, realizado pela Gedar em parceria com a @argentoresnacional , @abra_roteiristas e @fesaal_autores , e chama a atenção do público e do mercado como um todo para o atual cenário do audiovisual, que vive uma expansão vertiginosa, mas não tem reconhecido de forma justa os direitos autorais dos roteiros das obras exibidas publicamente, os direitos e créditos de quem “no início da cadeia produtiva enfrenta o desafio da página em branco, criando e contando histórias ou organizando informações que orientem a criação dos demais artistas e técnicos”.


Mais que um alerta e um chamado, o documento é uma forma de reivindicar uma remuneração justa pelo trabalho do roteirista, garantia dos créditos não apenas nas obras, mas em todas as peças de divulgação, respeito ao texto escrito e o direito de remuneração, através da gestão coletiva, por cada exibição de suas obras.


Além dos realizadores do evento, o manifesto também é assinado pela Avaci – Confederação Internacional de Autores Audiovisuais, @dacdirectores – Diretores Argentinos Cinematográficos, e Redes – Red Colombiana de Escritores Audiovisuales Sociedad de Gestión Colectiva.


Confira abaixo o documento na íntegra:


Fonte: Gedar

1,196 visualizações